Benin, no oeste da África, tem uma população de aproximadamente 11 milhões. Ao passo que o norte do país é majoritariamente muçulmano, no sul moram principalmente fiéis de religiões africanas tradicionais e cristãos, muitos deles sofrendo com pobreza extrema. A ACN atua em projetos em todo o país para fortalecer a presença da Igreja e apoiar a formação da fé.

Nos lugares onde a Igreja é pouco presente, cristãos podem ser facilmente influenciados por outras crenças. Esse é o caso em Benin. A superstição é muito disseminada no sul do país; muitos praticam vudu. Aprofundar a fé cristã tem uma importância especial nesse caso. Por isso, a formação de padres fica em primeiro lugar para a igreja local.

Musicians in the chapel Kikele-Lopa in the parish of Bassila during the holy mass.
Musicians in the chapel Kikele-Lopa in the parish of Bassila during the holy mass.

» Para os fiéis, uma capela é tão importante quanto um hospital. «

Para alcançar melhor os fiéis, também são necessárias canções e livros com imagens que traduzem o Evangelho para o idioma e a cultura locais. A ACN apoia as igrejas locais principalmente na formação de padres e na pastoral de casais e famílias. Além disso, ela promove o financiamento da infraestrutura eclesiástica, pois capelas “dignas” têm uma importância enorme e, muitas vezes, são tão importantes para as pessoas quanto um hospital.

Sisters looking after children in the “Orphélinat des Saints” orphanage in Natitingou.
Freiras cuidando de crianças no orfanato “Orphélinat des Saints” em Natitingou.

Apoio para freiras

O trabalho de freiras também é indispensável para as pessoas em Benin, principalmente as crianças. As freiras cuidam atenciosamente de crianças abandonadas, doentes e órfãs, assim como de crianças deficientes e “enfeitiçadas”, que muitas vezes são excluídas ou mortas pelas pessoas próximas. Geralmente, só a presença de freiras nas vilas evita o assassinato de crianças, pois as mães as procuram diretamente. A pedido de bispos, a ACN apoia as freiras para que elas possam atuar no maior número possível de locais.